Desvendando Agra, além do Taj Mahal


O visitante que for à Índia não pode deixar de conhecer Agra, a cidade mais encantadora do país e destino certo da maior parte dos visitantes. Nela estão alguns dos locais mais visitados do mundo! Um deles é o Forte Agra, um dos mais belos edifícios do mundo, com seus enormes muros que teoricamente protegeriam a cidade de qualquer eventualidade, como invasão de povos dominadores. De tijolos aparentes e em perfeito estado de conservação, o espaço é um grande reflexo da arquitetura medieval ainda erguido, escondem-se palácios em mármore branco, finamente decorados por artistas vindos de várias partes da Ásia.


Esta magnífica cidadela foi listada pela Unesco como patrimônio da humanidade, assim como o mundialmente famoso Taj Mahal, que é de longe a principal atração turística da cidade, que não é das maiores da Índia. O mausoléu tem data de 1653, quando foi finalizada sua construção que durou nada menos que 20 anos! O espaço foi uma prova de amor de um marido apaixonado, o imperador Shah Jahan, em memória da sua sétima esposa, a Aryumand Banu Begam, que morreu após ter o décimo quarto bebê do imperador, e esta foi a forma de homenagear a sua esposa preferida.

A Índia tem uma história arquitetônica muito rica, que mistura várias crenças, técnicas construtivistas e a busca pelo equilíbrio espiritual. Arquitetura indiana impressionou tanto os ingleses que eles adotaram o estilo para alguns prédios. Um exemplo disso é o Royal Pavilion. Uma antiga residência real localizada em Brighton. Outra construção que chama a atenção é a Sezincote House, uma propriedade rural em Gloucestershire.


Arquitetura, pintura, escultura, caligrafia, mosaicos e produtos artesanais são algumas das manifestações que demostram a grandiosidade da cultura, da filosofia e da religião na Índia.

Agradeço aos meus companheiros de viagem @eliany_neves, @erikasangolete, @cerebroemaltaperformance e a fofíssima Sofia.


Deixe um comentário


Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados