Blog — Pintura RSS



Cores: o que transmitem e como usar

Se você já ouviu Adriana Calcanhotto cantar “eu ando pelo mundo prestando atenção em cores que eu não sei o nome” e se identificou, este post é para você. Mas não vamos tratar de nomenclaturas e muito menos entrar na polêmica das percepções do olhar de cada um. Vamos falar sobre o significado das cores e como aplicá-las nos ambientes. Mais do que preferência ou estilo, a utilização das cores deve ser feita com base em alguns critérios. Isto porque, as cores comunicam, estimulam e provocam sensações, tendo o poder de deixar os ambientes menos ou mais agradáveis. É importante ter em mente também, qual o seu objetivo em escolher determinadas cores para cada ambiente e qual o propósito desse...

Continuar lendo



Exposição Egito Antigo no CCBB

Você pretende visitar São Paulo nos próximos dias? Se a resposta for sim, temos uma dica imperdível de passeio! Até o dia 11 de maio, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) recebe a exposição “Egito Antigo: do cotidiano à eternidade". Por meio de um amplo panorama sobre o cotidiano, religiosidade e os costumes ligados à crença na eternidade, o recorte reúne esculturas, pinturas, objetos, sarcófagos vindos do Museu Egípcio de Turim, segundo maior acervo egípcio do mundo. A exposição sobre essa que é considerada uma das mais importantes civilizações da história da humanidade, conta com  instalações cenográficas e interativas que permitem uma viagem ao tempo dos faraós.  A mostra ocupa 6 andares da instituição e conta com mais de...

Continuar lendo



Arte concreta: história do movimento concretista e seus principais artistas

O concretismo, ou arte concreta, foi uma das manifestações artísticas da primeira metade do século XX. A expressão “arte concreta” foi elaborada por Theo van Doesburg (1883-1931), que participou do grupo e revista homônimos fundados em 1930, em Paris. No texto de introdução do primeiro número da revista Arte Concreta, é introduzida o que seria a base da pintura concreta. Manifesto da Arte concreta de Theo van Doesburg (em francês).   A arte concreta tenta abandonar qualquer aspecto nacional ou regional e se afasta inteiramente da representação da natureza. E, negando as correntes artísticas subjetivistas e líricas, recusa o sensualismo e a arte como expressão de sentimentos. Sem implicar uma arte figurativa, a arte concreta nasce também como oposição à...

Continuar lendo